SUA SAÚDE


vegetariamo.com.br


PIRÂMIDE ALIMENTAR VEGANA

Sem os alimentos de origem animal, como fica nossa pirâmide alimentar? Veja a seguir:

  • energéticos: fornecem energia para os processos metabólicos (carboidratos: cereais, raízes, arroz, amido, milho, batata, mandioca) 6-11 porções diárias;
  • reguladores: regulam as funções orgânicas, prevenindo doenças e ajudando a digestão (vitaminas, água, sais minerais, fibras: legumes, verduras, frutas) 3-5 porções de vegetais; 2-4 porções de frutas;
  • construtores, plásticos ou estruturais: desenvolvimento e formação de tecidos, fortalecendo o sistema imunológico (lipídios, proteínas, soja, ervilha, lentilha, feijão, cogumelos) 2-3 porções diárias.

Obviamente, simplesmente evitar produtos de origem animal não garante saúde; como todas as pessoas, os veganos devem buscar uma dieta equilibrada com proteínas, vitaminas e cálcio, priorizando os grãos integrais, alimentos orgânicos e comida mais próxima possível do natural.







UMA NOVA VIDA: A DESCOBERTA DE UM MUNDO DE ALIMENTOS

"Temos todo o reino vegetal para utilizar como alimento: cereais (arroz, trigo, centeio, milho, cevadinha, aveia… aqui incluímos os pães e massas), leguminosas (todos os feijões, grão-de-bico, lentilha, ervilha…), oleaginosas (nozes, amêndoas, pistache, sementes de girassol…), tubérculos (inhame, batata, cará, mandioca, mandioquinha…), legumes, verduras e frutas. (...)

Procure basear a sua alimentação em grãos integrais. Ninguém se sustenta apenas com salada! Salada faz parte, mas não deve ser base da alimentação.
Procure variar os grupos (cereais, leguminosas, tubérculos, oleaginosas, frutas, verduras e legumes) de alimentos ingeridos. É muito importante atingir a necessidade energética diária."
- Dr. Eric Slywitch, Médico Nutrólogo



TIRE SUAS DÚVIDAS:


COMO SUBSTITUIR A CARNE

Quem se torna vegano passa a não comer mais carne de nenhum animal - carne vermelha, peixe, frango, cavalo, etc -, derivados animais como salames, salsichas, mortadelas e embutidos em geral, laticínios como queijos e leites de vaca e outras espécies, ovos de aves, corante carmim cochonilha (de besouro), banha animal, enfim, tudo que tiver vindo de um animal.

Assim, num primeiro momento, as pessoas ficam perdidas. Porém, com a maravilhosa ajuda da internet, unindo pessoas com objetivo comum ao redor do mundo, esse processo torna-se fácil!

Confira no vídeo a seguir como substituir a carne na dieta livre de origem animal:







INTOLERÂNCIA À LACTOSE & CONSUMO DE DERIVADOS ANIMAIS

No processo de abandonar os derivados animais, há quem infelizmente pare no meio do caminho, seja por achar desnecessário tanto "radicalismo", seja por achar que já estão fazendo muito pelos animais não comendo sua carne.

Na realidade, os animais são muito mais explorados na indústria de laticínios e ovos - ao final, são enviados ao matadouro do mesmo jeito. Só esse fato demonstra que se abster somente de carne não ajuda os animais, e sim os condena a uma vida de escravidão e exploração.

Mas e quanto à sua saúde? O que acontece quando passamos a ingerir mais derivados animais como queijos e leite? Dr. Eric Slywitch explica neste vídeo a seguir:






DIETA 100% VEGETAL: BENÉFICA À SAÚDE

Agora que você já viu que é possível uma dieta livre de origem animal, substituindo e criando novas combinações de alimentos, como será que ficam as doenças tão comuns hoje em dia?

Veja o parecer da Associação Dietética dos Estados Unidos:



"É posição da American Dietetic Association que dietas vegetarianas apropriadamente planejadas, incluindo dietas veganas, são saudáveis, nutricionalmente adequadas e podem fornecer benefícios de saúde na prevenção e tratamento de determinadas doenças.
Bem planejadas, dietas vegetarianas são adequadas para indivíduos em todas as fases da vida, incluindo gravidez, lactação, infância, adolescência e atletas.
Os resultados de uma pesquisa mostram que a dieta vegetariana está associada com menor incidência de morte por doenças do coração. Vegetarianos também apresentam baixos níveis de colesterol, pressão arterial e menores taxas de hipertensão e diabetes tipo 2 do que os não vegetarianos.
Além disso, os vegetarianos tendem a ter um menor índice de massa corporal e menores taxas de câncer em geral."

- Journal of the American Dietetic Association - Associação Dietética dos Estados Unidos



COMER SEM ENGORDAR 

Será que é possível elaborar um cardápio livre de crueldade e ao mesmo tempo não engordativo? Ou seja, comer com a consciência totalmente tranquila?

Assista no vídeo a seguir a explicação do Dr. Eric Slywitch:





http://www.lauravegan.com/

Texto: Laura Kim

10 comentários:

  1. Prezado(a):ao invés de pirâmide, por que não um círculo? afinal todos os alimentos são importantes...
    Nilza

    ResponderExcluir
  2. A pirâmide expressa a quantidade em q deve-se ingerir cada grupo de alimentos, não a qualidade. Os da base são os que devem ser mais consumidos e assim por diante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao concordo, pois entao na base da piramide deveriam estar as frutas ( todas) e legumes como os feijoes, ervilhas e lentilhas assim como as verduras como brocolis, repolho, couve e couve-flor

      Excluir
  3. Meus Senhores/as:
    Venho dar-vos os parabéns mais sinceros pelo vosso Ideal vegetariano e de respeito sagrado pelos animais, não os sacrificando barbaramente para a vossa (e nossa) alimentação, o que consideramos um crime... E a Lei do Carma também o considera.
    A maioria das pessoas está meio destruída por aquilo que come de errado, poluído, adulterado, desnaturalizado. E, tal como o combustível dum carro é a base da saúde do motor, o alimento é a base fulcral da nossa saúde física e até psicológica.
    Há quase 50 anos que não comemos carne, peixe, ovos nem nenhum produto de origem animal (como lacticínios). Nunca enfraquecemos por isso e não sabemos o que é estar doente. Os elefantes, que são puramente herbívoros, também não...
    Queiram ler, para mais informações sábias, no puro Saber real em:
    http://aquariusidadedeouro.blogspot.pt/
    B: Comer Carne: Grave Erro-02
    18: A Vida Natural, Pura e Sadia
    C: A Cura «Fácil» do Cancro-03
    Paz Profunda!...
    Prof. Astrophyl, J.F.S., um Sábio de Portugal.

    ResponderExcluir
  4. Olá eu tenho 15 anos e quero começar a ser vegana mas o problema é que não sei se minha mãe vai apoiar totalmente. Eu até consigo me virar e consigo fácil os alimentos mas as proteínas vegetais não são tão acessíveis pra mim, o que eu faço?

    ResponderExcluir
  5. Raissa,

    Proteína completa pro seu organismo: arroz e feijão combinados juntos na mesma refeição, 1x ao dia. Lembrando que pode ser qualquer das dezenas de tipos de leguminosas (feijões) existentes, ok.

    Vá sem medo. Sou vegana desde 2003, conheço bastante gente, e até hoje não conheci pessoalmente um vegano com deficiência nutricional. Quem eu vejo constantemente com carência vitamínica são pessoas que comem carnes e derivados animais.

    ResponderExcluir
  6. olá, gostaria de começar aos poucos esse modo de vida. é possível não ingerir grãos como soja e milho e mesmo assim ter uma dieta balanceada? grãos transgênicos, tô fora!

    ResponderExcluir
  7. tenho duvidas sobre veganismo... principalmente sobre o complexo b e a questao evolutiva dos hominídeos

    ResponderExcluir
  8. tenho duvidas sobre veganismo... principalmente sobre o complexo b e a questao evolutiva dos hominídeos

    ResponderExcluir
  9. as proteínas e nutrientes animal nem são absorvidas,só produzem acidez sanguínea -doenças mil ,portando nem precisam ser substituídas basta encher o prato com frutas (de manhã) ,no almoço legumes,verduras,cereais sem glúten(é antinatural inflamatório), algas-opcional ,na janta: frutas e ou sopinha leve de legumes tudo organico como é a natureza http://vone333.simplesite.com

    ResponderExcluir